Rua Acyr Guimarães, 436, Água Verde

      •      

Horário de Funcionamento: 

Segunda a Sexta, das 08h às 18h

      •      

Ligue agora: 41 3242 3040

Fique conectado
  • Qual importância do Teste da Orelhinha?

    15 de julho de 2016 /

    Saber se tudo vai bem com a audição do bebê é um cuidado que deve ser tomado assim que a criança nasce. É a partir dos sons que o bebê desenvolve a fala.

    O bebê que não se beneficia de experiências auditivas, não tem condições naturais de desenvolvimento de fala. A idade média de diagnóstico no Brasil é de 2 a 3 anos de idade (quando a criança já apresenta problemas para falar), por não serem evidentes nos primeiros meses de vida, as alterações auditivas são frequentemente reconhecidas por suas consequências.

    A exemplo do Teste do Pezinho, o Teste da Orelhinha vem sendo feito em todos os recém nascidos com o objetivo de identificar alterações auditivas para que seja possível minimizar, ou até mesmo evitar os prejuízos à qualidade de vida da criança.

    O Teste da Orelhinha representa uma grande conquista tecnológica e humana, que possibilita o diagnóstico de forma rápida, precisa e indolor. Tecnicamente conhecido como “Emissão Otoacústica”, o exame é realizado por uma Fonoaudióloga enquanto o bebê está dormindo no próprio berçário em aproximadamente 5 minutos.

    Nunca espere muito tempo para tirar a dúvida sobre a audição de seu filho, ele pode estar sendo privado de receber as informações auditivas em um período crítico para o desenvolvimento da fala (2 primeiros anos de vida).

Compartilhe esse Post